Idioma:

Noite de Gala do FEMUSC tem obra musical de Dom Pedro, apresentação de crianças e show de MPB

noite-de-gala-do-femusc-tem-obra-musical-de-dom-pedro-apresentacao-de-criancas-e-show-de-mpb

Noite de Gala do FEMUSC tem obra musical de Dom Pedro, apresentação de crianças e show de MPB

A Noite de Gala promovida pelo Festival Internacional Femusc nesta quinta-feira, 27/01, teve entre os destaques a apresentação da obra musical “Abertura para a Independência do Brasil”, composta por Dom Pedro Primeiro em 1820.
O concerto, em homenagem ao bicentenário da Independência, foi tocado com réplicas de instrumentos antigos para que o público conhecesse a mesma sonoridade da época da composição. Um trecho da obra “As Bodas de Fígaro”, de Mozart, também foi tocado para destacar a apresentação nesta sexta-feira, da ópera do FEMUSC.
O espetáculo teve ainda música do Femusckinho, colônia de férias do festival para crianças entre 6 e 12 anos. Os 80 alunos desta edição mostraram ao público apresentações com flauta, triângulo e canto.
A Noite de Gala foi encerrada com show de MPB apresentado pelos professores do curso de Música Popular Brasileira Marcelo Ghelfi, Chico Macedo, Dino Barione, Edu Ribeiro e Marinho Andreotti.
Antes do espetáculo, o FEMUSC promoveu um coquetel para os patrocinadores e apoiadores do festival e da Ópera “As Bodas de Fígaro”: Weg, Zanotti, APM Terminals, Komprão Koch Atacadista, Britânia Philco, Duas Rodas, Monitor, Urbano, Grupo Menegotti, Bastos Wackerhagen Berns & Advogados Associados, NSC Comunicação, Centro Cultural Scar, Rede OCP Comunicação, Universidade Católica de Santa Catarina, Gumz Contabilidade e Laboratório Fleming.
A realização do evento é do Instituto FEMUSC com Ministério do Turismo, Secretaria Especial de Cultura, Lei de Incentivo à Cultura, Associação Fortaleza de São João e Prefeitura de Jaraguá do Sul.
O evento já está disponível no canal do FEMUSC no YouTube: https://www.youtube.com/user/institutofemusc_

MPB e Recitais de Câmara

O show de MPB do FEMUSC começou com o canto da aluna Di Ribeiro, que voltou às origens na noite desta quinta-feira (27). Di, que começou a cantar em corais de música erudita, abriu o show de música brasileira com a interpretação de uma música clássica. Acompanhada pela harpa de Diana e o saxofone de Adriel Verçosa, ambos alunos também de MPB, Di Ribeiro apresentou ‘Acalanto da rosa’, composição de Cláudio Santoro e letra de Vinícius de Moraes.
O chorinho “Chorando Baixinho” de Abel Ferreira deu sequência ao espetáculo que apresentou ainda cançōes de Douglas Germano, Francisco El Hombre, entre outros.
Em Recitais de Câmara, os alunos de Música Antiga do FEMUSC apresentaram obras dos compositores Johann Dismas Zelenka, Antonio Caldara, Alain Barrière e Francesco Geminiani.
A última apresentação dos alunos de MPB e de Música Antiga acontecem nesta sexta-feira (28), às 18h30 e às 19h na Scar.

Femusc

Deixe um recado