Maior festival-escola do país comemora este ano o bicentenário da independência e a Semana de Arte Moderna de 22 

 

O Festival Internacional FEMUSC, que acontece em Jaraguá do Sul, Santa Catarina, de 16 a 29 de janeiro, divulga nesta sexta-feira (7), a programação oficial da edição de 2022 que comemora o bicentenário da Independência e a Semana da Arte Moderna de 22. Todos as principais apresentações serão transmitidas ao vivo, em alta definição, pelo Canal do YouTube do Festival: https://www.youtube.com/user/institutofemusc. 

Entre os destaques já confirmados para esta edição estão Jane Duboc, uma das grandes vozes da MPB, Marc Destrubé, do violino barroco, a cravista Béatrice Martin, que tocou na abertura da nova Filarmonie de Paris, e Fernando Cordella, um dos principais cravistas de sua geração na América Latina. 

Serão 61 apresentações abertas ao público no Auditório do Centro Cultural SCAR e em espaços públicos como praças e comércios da cidade de Jaraguá do Sul. Para garantir a segurança, o festival mantém os Protocolos de Segurança Sanitária, com uso obrigatório de máscaras, distanciamento social, disponibilização de álcool em gel, medição de temperatura e lotação máxima de até 80% da capacidade das salas de concerto. 

Todos os detalhes da programação estão disponíveis no site do evento: https://www.femusc.com.br/programacao/. 

A turística cidade de Jaraguá do Sul 

Nem só de música vive a cidade de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina.  Em 2010, Jaraguá do Sul foi classificada como a 8ª cidade com maior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do estado e 34ª posição no ranking nacional. 

Conhecida como Capital Nacional das Malhas e turismo ecológico, a cidade é uma ótima opção de turismo para quem procura natureza exuberante, boa gastronomia, ótima infraestrutura hoteleira e uma população acolhedora. 

Colonizada por imigrantes europeus, especialmente alemães, italianos e húngaros, a cidade ainda conserva muitas tradições de seus antepassados, incluindo a arquitetura e festas típicas. Muitos são os passeios pela região, entre eles, o Parque Malwee, com área de 1,5 milhão de m² de área preservada, 17 lagoas e 133 espécies de aves catalogadas, museus e uma casa no estilo enxaimel, construída em 1938. 

 

Acesse e curta o FEMUSC o ano inteiro: 

Facebook: https://www.facebook.com/groups/femusc 

Instagran: https://www.instagram.com/femusc/ 

YouTube : https://www.youtube.com/user/institutofemusc 

Flickr : https://www.flickr.com/photos/femusc 

Site: https://www.femusc.com.br/ 

 

PROGRAMAÇÃO OFICIAL - FEMUSC 2022 

SÉRIES DE CONCERTOS DO FEMUSC 

SÉRIE MPB 

18h30 – Pequeno Teatro do Centro Cultural SCAR 

Lotação de público de 180 pessoas por espetáculo 

 

SÉRIE MÚSICA ANTIGA 

de 17 a 22 de janeiro e de 24 a 29 de janeiro 

19h – Sala de Música Antiga – Centro Cultural SCAR 

Lotação de público de 90 pessoas por espetáculo 

 

MUSICALMENTE FALANDO 

de 17 a 22 de janeiro e de 24 a 28 de janeiro 

20h – Grande Teatro do Centro Cultural SCAR 

Lotação de público de 450 pessoas por espetáculo 

 

SÉRIE GRANDES CONCERTOS 

de 16 a 22 de janeiro e de 24 a 29 de janeiro 

20h30 – Grande Teatro do Centro Cultural SCAR 

Lotação de público de 450 pessoas por espetáculo 

 

SHOW DO CAFÉ 

de 17 a 22 de janeiro e de 24 a 29 de janeiro 

22h – no Café da SCAR 

Lotação de público de 60 pessoas por espetáculo na área interna 

Lotação de público de 100 pessoas por espetáculo na área externa 

 

APRESENTAÇÃO DO FEMUSCKINHO 

dia 29 de janeiro 

11h – Grande Teatro do Centro Cultural SCAR. 

Lotação de público de 450 pessoas por espetáculo 

 

SÉRIE MPB - 12 apresentações com total de 2.160 ingressos disponibilizados 

Série MPB: shows de música popular com professores e participantes, diariamente, às 18h30, no Grande Auditório do Centro Cultural SCAR. 

 

SÉRIE MÚSICA ANTIGA - 12 apresentações com total de 1.080 ingressos disponibilizados 

Série Música Antiga: concertos de música barroca, clássica e colonial com professores e participantes, diariamente, às 19h, no Pequeno Auditório do Centro Cultural SCAR 

 

MUSICALMENTE FALANDO - 11 apresentações com total de 4.950 ingressos disponibilizados 

Série Musicalmente Falando: palestras informativas, diariamente, às 20h, no Grande Auditório do Centro Cultural SCAR. 

 

SÉRIE GRANDES CONCERTOS - 13 apresentações com total de 5.850 ingressos disponibilizados 

Série Grandes Concertos: concertos orquestrais, óperas e música de câmara, diariamente, às 20h30, no Grande Auditório do Centro Cultural SCAR 

 

SHOW DO CAFÉ - 12 apresentações com total de 1.920 pessoas atendidas 

Apresentações de MPB no Café com Tom – Centro Cultural SCAR todos os dias as 22h 

 

APRESENTAÇÃO DO FEMUSCKINHO - 1 apresentação com total de 450 ingressos disponibilizado 

Apresentação final da colônia de férias musical do FEMUSCkinho 

 

Programa da Série Grandes Concertos: 

 

Domingo, 16/01 – Concerto de Abertura 

Francisco Manuel da Silva, Hino Nacional Brasileiro D. Pedro I, Hino da Independência  

Show de MPB com obras de Djavan, Chico Buarque, Edu Lobo, Flavio Venturini e Dominguinhos. 

 

Segunda-feira, 17/01 – Concerto das Nações 

Obras coloniais, populares, tradicionais provenientes das culturas representadas no festival. 

 

Terça-feira, 18/01 – A Décima Musa 

Concerto dedicado à poesia e música centrada em Sor Juana Inés de la Cruz 

Andrés Flores, A este Edifício Celebre  

José de Loaysa y Agurto, Aquella Hermosa Nube 

Antonio Durán de la Mota, Dios y José 

Sor Juana de la Cruz, Madre de los primores 

Antonio Durán de la Mota, Fuego, Fuego 

 

Quarta-feira, 19/01 – Música de Câmara I 

 

Programa a ser anunciado 

 

Quinta-feira, 20/01 – Música de Câmara II 

  1. Mozart, Quinteto para Clarinete e Cordas, K 581

Angeliza Meza, clarinete 

Cramer String Quartet 

Jessica Park e Chiara Fasani Stauffer, violinos 

Keats Dieffenbach, viola 

Ana Kim, violoncelo 

 

Sexta-feira, 21/01 – Orquestra Barroca 

Jean-Philippe Rameau, “Les Sauvages” 

Antonio Vivaldi, Concerto Grosso em Sol menor 

Johann Sebastian Bach, Concerto de Brandemburgo nº 1 

Orquestra Barroca do FEMUSC 

Ricardo Kanji, direção 

 

Sábado, 22/01 – Show de MPB 

 

Programa a ser anunciado 

 

Segunda-feira, 24/01 – Raízes 

José Maurício Nunes Garcia, Abertura em Ré 

José Maurício Nunes Garcia, Abertura Zemira 

José Maurício Nunes Garcia, Missa de Nossa Senhora da Conceição (trechos) 

Orquestra Colonial do FEMUSC 

Ricardo Kanji, direção 

Raízes da Música Popular  

Priscila Brigante, direção 

 

Terça-feira, 25/01 – Família Bach 

Johann Sebastian Bach, Concerto de Brandemburgo nº 4 

Wilhelm Friedmann Bach, Adagio e Fuga 

Carl-Philip Emannuel Bach, Sinfonia 

Johann Sebastian Bach, Concerto de Brandemburgo nº 5 

Marc Destrubé, violino barroco 

Ricardo Kanji, traverso  

Béatrice Martin, cravo 

Orquestra Barroca do FEMUSC 

 

Quarta-feira, 26/01 – Mozart e Amigos 

Eine Kleine Nachtmusik 

Cramer String Quartet 

Jessica Park e Chiara Fasani Stauffer, violinos 

Keats Dieffenbach, viola 

Ana Kim, violoncelo 

Shanti Nachtergaele, violone 

 

Quinta-feira, 27/01 – Concerto de Gala 

Johann Sebastian Bach, Concerto de Brandemburgo nº 3 

Orquestra Barroca do FEMUSC 

Ricardo Kanji, direção 

Quechua, Hanacpachapcussicuinin 

W.A. Mozart, Abertura da ópera “As Bodas de Fígaro” 

W.A. Mozart, Sinfonia nº 40 (Molto Allegro) 

Orquestra Clássica do FEMUSC 

Ricardo Kanji, direção 

Femusckinho, apresentação 

Show de MPB 

 

Sexta-feira, 28/01 – Noite de Ópera 

W.A. Mozart, “As Bodas de Fígaro” 

Raquel Winnica Young, Diretora de Cena 

Ricardo Kanji, Direção Musical 

Orquestra Clássica do FEMUSC 

 

Sábado, 29/01 – Concerto de Encerramento 

J.S. Bach, Cantata n. 140, “Wachetauf” 

Orquestra e Coro Barroco do FEMUSC 

Ricardo Kanji, direção 

Tom Jobim/Vinícius de Moraes, “Chega de Saudade” 

Orquestra Barroca do FEMUSC 

Marcelo Ghelfi, direção 

 

“Série Grandes Concertos” – Principais atrações: 

 

18/01 – evento dedicado à poesia e música da “Décima Musa”, Sor Juana Inés de la Cruz 

 

22/01 – show de Música Popular Brasileira 

 

27/01 – Hanacpachapcussicuinin, de Juan Pérez de Bocanegra (cantado em quechua) 

 

28/01 – ópera “As Bodas de Fígaro” de Wolfgang Amadeus Mozart 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *